8.4.13

Do fim de semana

Na sexta feira EU fui um turn-off para qualquer gaja que se preze. Fiz hamburgueres do talho, com carne de porco mandada picar por mim, com fatias de bacon grelhadas por mim, com queijo Gouda derretido por cima, com alface fresca lavadinha no momento para ficar ainda mais fresca e saborosa. O Lambrusco estava geladinho, depois de duas horas de congelador.

No primeiro supermercado, comprei a carne, o bacon fatiado, o queijo e a alface. No segundo o pão para os hamburgueres, as batatas fritas caseiras e os molhos. No terceiro o vinho, o Lambrusco que A Chata ou a chefa dela ou o colega dela costumam comprar e de que ela diz maravilhas.

Ela chegou, despiu o casaco, atirou a mala para o chão, agarrou-se a mim aos beijos, sentou na mesa e começou a comer. Eu servi a comida quentinha, o pãozinho torrado, os hamburgueres deliciosos, o vinho gelado. Tratámos da loiça, fomos tomar café à pastelaria, onde eu bebi um gin tónico e ela um digestivo que eu não gosto.

A caminho de casa, comecei a sentir-me maldisposto. O meu estômago não estava muito de acordo com a qualidade do jantar. Eu tinha adorado e tinha lambido os beiços. Ele estava a ponderar rejeitar o petisco. Cheguei a casa, sentámo-nos no sofá e eu não conseguia estar sentado. Deitei-me, barriga para o ar, menino confortável e... aterrei! Apaguei completamente. Segundo ela, fonte fidedigna, ela pediu-me o comando da televisão e eu dei, ela pediu-me para ir para a cama e eu refilei que não queria e não fui, ela tapou-me e eu agradeci. Depois acordei no sofá e fui para a cama onde aterrei novamente. Há relatos de me ter agarrado a ela a refilar por ter sido abandonado, deliciado por ela estar quentinha, mas eu só acredito porque vieram novamente de fonte fidedigna (ela) porque não me lembro. No sábado de manhã, o despertador dela tocou e ela levantou-se para ir trabalhar mas eu não dei por nada, tendo ela deixado o je ficar na cama até à última hora possível para se despachar a tempo para os meus torneios.

E depois abandonei-a ao destino dela até domingo às 11 da noite. Tive outro homem a dormir na minha cama enquanto eu dormia no sofá e praticamente não falámos porque tive o fim de semana todo com mais de 100 gajos à volta, no torneio do meu hobbie. E domingo, já morto de saudades, fui ter com ela e enchi-a de beijos, carinhos e miminhos. Tinha tantas saudades... E depois fomos para a cama para recuperar o que estava atrasado desde sexta-feira. E foi bom. E eu dormi bem, quentinho e agarradinho a ela, porque isso me deixa feliz.

9 comments:

Eve said...

vá lá nao teres mandado uma keka e nao te lembrares.... isso foi do vinho de 2€ só pode

Passion Addicted said...

Eve
Todas as minhas quecas com ela são inesquecíveis... :p
Ou disso ou do gin tónico gelado que me possa ter alterado o ritmo da digestão...

Orquídea Branca said...

bem...g'anda fim-de-semana xD cheio de congestões xD hahaha
Ainda bem que acabou bem :)

Uma óptima semana

A Chata said...

E agora, aguardo o Lambrusco que me deves pela noite bem passada :p

Passion Addicted said...

Orquídea
É verdade. Não cheguei a vomitar, mas não andou longe. E ela apanhou um susto...

Chata
Leste o post todo? Achas que a minha noite de sexta feira foi bem passada? EU não devo nada a ninguém. TU é que ME deves um Lambrusco pela publicidade!

A Chata said...

O Minipreço que te pague :p

Passion Addicted said...

Chata
A publicidade que eu faço a ti, mulher!!! :)

Mata Hari said...

Foi o gin tónico que te parou a digestão...por isso é que eu gosto do improviso, jantares sem grandes planos.
Quando faço jantares requintados sai tudo furado, ou pk ele não gostou tanto como eu queria, ou porque fazer jantares desses me tira a necessária energia para a boa queca :)

Passion Addicted said...

Mata
Eu não fiz grandes planos para o jantar. Começou a ser planeado às 3 da tarde quando lhe liguei e perguntei o que era o almoço. Depois quando saí do trabalho fui tratar dos víveres e da confecção. E depois ela perguntou "vamos ao café" e a mim apeteceu um gin tónico... E estragou tudo!

 
;