18.4.13

Dos anónimos

Estou feliz. Não tenho anónimos parvos no meu blog. Tenho um que de vez em quando vem aqui deixar um comentário a dizer que tenho a pila pequena e o Viagra é que me fazia bem, mas é o ex namorado de uma tipa qualquer que ainda hoje chora por mim pelos cantos, por isso não lhe ligo nenhuma.

No entanto, há anónimos por aí que sim senhor. São uns fixes. Porque foram ao blog dela e deixaram um comentário com este (sim, é um link) post na íntegra na comentários. E que logo a seguir deixaram uma mensagem tipo "Gaja, andas a comer gelados com a testa? Mete-te no carro e vai ter com o moço!". A modos que ela fez isso.

Apareceu-me lá por casa, deviam ser umas dez da noite. Como a minha campainha de casa não toca (uma bênção, ao fim de semana...), ela teve que tocar à do vizinho do lado. Que lhe abriu a porta do prédio. E ela subiu ao segundo andar. E bateu à porta, depressa, um grito de socorro com o nó de um dedo assustado. Eu, nu e à vontade pela casa como é normal, estava sentado ao computador e dei um pulo na cadeira. Gritei "Quem é?", enquanto procurava roupa para vestir e pensava nas possibilidades: a Fátima que me limpa a casa? A Rosa Maria do terceiro a queixar-se do barulho que eu não estava a fazer? O Romão do segundo porque tinha uma carta enganada no correio? O Vaz do terceiro que tinha um papel para eu assinar? "É a 'Gaja'", foi a resposta. Juro que se não estivesse perto da soleira da porta do escritório e não me tivesse agarrado a ela, tinha caído para o lado. Para trás. Para a frente. Para qualquer lado. Esqueci que estava nu. Esqueci de respirar. O meu coração saltou um batimento e descompensou.

Respirei fundo uma, duas, três vezes, as vezes que foram precisas, enquanto caminhava para a porta. Abri-a e espreitei ainda incrédulo para confirmar que era mesmo ela. Sabrinas a condizer com a mala, calças e blusa azuis escuras, casaco da moda amarelo-limão suave. Mais magra. Foda-se, muito mais magra! E Eu de boca aberta... 

Entra. Boa noite. Estás aqui a fazer o quê? Não sei. Porque é que vieste? Não sei. O que é que mudou? Não sei. Muitos não sei's de início. Muita conversa depois. A explicação do sucedido. A chegada a casa sem bateria e o susto quando viu o comentário do anónimo e o seu conteúdo. O que fez a seguir. A correria. A indefinição. O não pensar. O caminho até minha casa. As vontades, os desejos, as definições. E agora cá estou. Feliz, sem dúvida. Incrédulo, sem dúvida. Nunca esperei este gesto dela. Disse-lho algumas vezes ontem e outras tantas hoje de manhã. Convencido? Não. Isso não. Mas não estou desconfiado. Não acho que seja brincadeira. Não se vai virar para mim logo e dizer "Não, mudei de ideias". Isso eu sei. E vai ter mais cuidado. E eu também, porque a culpa não é toda dela. Nem nada que se pareça.

Como já pensei alto hoje: Se vai funcionar, se vou ser feliz? Não sei. Mas quero navegar esta onda de euforia e felicidade até ao fim e ver em que praia desaguo...

19 comments:

Soul said...

Não penses,Passion,aproveita,vive como se não houvesse amanhã!

(Aiii que lindos :) )

Bom dia,Passion

Passion Addicted said...

Bom dia Soul
É isso que vou fazer. Porque a vida são dois dias e nem sempre calha ao fim de semana! :)

Anonymous said...

Não precisas de agradecer. Foi feito com a melhor das intenções e se ela lhe serviu a carapuça, melhor. Porque se não fosse ela, seria outra qualquer e dela eu gosto.

Beijo
Fui Eu

Eve said...

e que tal nao pensares e aproveitares? vá, não olhes pra trás se a felicidade está à tua frt

CM said...

Tão bom!! Uma surpresa boa é uma coisa imbatível. Não há nada melhor :)

Passion Addicted said...

Fui Eu
Tenho que agradecer :) A ideia foi boa. E aparentemente a carapuça serviu. Vamos ver!

Eve
Agora a felicidade está no trabalho, mas mais logo vai estar à minha frente, sim! E vou aproveitar! Muito mesmo!

CM
O gesto foi MESMO surpreendente! E soube ainda melhor que isso! :)

Mata Hari said...

É um final feliz :) e eu adoro essas coisas. Se ela tá aí, tens o «hoje», portanto pára de pensar no «amanhã».
A tua história aqueceu-me o coração...nunca mais apago comentários anónimos, por mais tolos que sejam!!!
Beijos******

Liz said...

Lindo lindo lindo!!!! Adoro estas coisas, sao o tipo de coisa que me deixa a cabecinha nas nuvens e a ver cor de rosa!!! Li isto ainda na cama...meia merdosa e tal...e sinto.me com muito mais vontade de me levantar e ir la "para fora". Obrigada

Calvin said...

Essa gaja merecia um beijo na boca! meu.. não teu. Arriba que temos festa!!!

Passion Addicted said...

Mata Hari
É mais um capítulo. Desta vez feliz. Espero que seja o primeiro desta novasaga e que daqui para diante o caminho seja trilhado sem mais escolhos no caminho. Viste o meu email acerca do comentário desaparecido?

Liz
Inspirei-me numa menina que escreve muito bem sobre sentimentos. :D Vai. Sai para a rua. Mostra o que vales. E não tragas as nuvens para casa. Se o sol brilha, brilha tu também com ele!

Calvin
O anónimo não sei se é gaja! A esse podes fazer o que quiseres. Agora à "minha" gaja, não lhe pões a unha em cima que eu não deixo. Vá, dois bejinhos repenicados, um em cada bochecha. E já gozas! Ó-viste?

Calvin said...

Quer cá saber do anónimo... ahh e tal, estou tão apaixonado não pões a mãe em cima dela e rinhinhi e rinhonho... és um tretas. Se eu lanço o meu charme sedutivo nela, acabasse o vosso romance!
Mas como o meu coração só bate pela Eve, podes ficar descansado!

Mata Hari said...

Passion:
Loool não tinha visto o mail! Já mandei outra vez o comentário...

Calvin: O homem anda possessivo :D :D Tu agora com as mamocas novas tens armas massivas de sedução que deixam o Passion inseguro :P :P

Passion Addicted said...

Calvin
Eu confio no charme sedutivo, que ela não liga a charmes. O pior é quando te vir as mamas...

Mata
Vês como sabes? É mesmo esse o meu medo! Por isso quero vê-las primeiro!

Mata Hari said...

Só uma coisa...como é que a rapariga está muito muito mais magra se não a vias há tão pouco tempo?
Deve ser a minha mente científica a lixar-me...

Passion Addicted said...

Mata Hari
Não sei. 8 dias, 4 kilos. E nota-se bem...

Mata Hari said...

Foda-se...isto vai contra tudo o que acredito, mas trata bem dela! Tipo, faz-lhe o jantar.

Passion Addicted said...

Mata
LOL. Não pode ser muito para a engorda, senão eu também me lixo! E ela não ficou propriamente uma folha de papel... Nenhum de nós é magro! (mas ela é mais...)

Chama Imensa said...

Delicio-me com o teu blog, com as tuas histórias e pensamentos demenciais, ousados e infrenes. Não conheço a tua "Gaja" mas é como se te "conhecesse" a ti. Ah e tal, leio-te! E estou muito feliz por ti, por ambos! Que ela seja moça para continuar a "ajoelhar e a rezar" por e para ti!!! Amén e com todo o respeito... Enjoy the ride :)

A Bomboca Mais Gostosa said...

Gosto. Gosto muito :D

 
;