9.4.13

Eu não aprendo

Quem me segue via Reader vai lá ver um post todo fofi e tal e coise. Pois que não, não chegou a acontecer. Porque quando a janta estava nos finalmentes de estar feita e os agradecimentos estavam ainda nos beguiningues de serem dados, eis que pára tudo porque trriiim ah e tal tenho que ir à porta. Quando já se sabia quem era. E que ia demorar. E que não era suposto ser àquela hora mas mais tarde, com tempo mais que suficiente para saborear o jantar com alguma calma. E que por causa disso o jantar se ia estragar.

Pois que eu fiquei fodido da vida. E disse o que não queria. E saí. Para não mais voltar. Porque eu posso ser muito mimoso e muito querido e muito prestável e muito tudimaisumpardebotas. Mas foda-se. Não me cheguem a mostarda ao nariz. Agora estou sozinho em casa, nos preparos de sempre e com um telefone fixo completamente destruído na minha sala. Descarreguei nele porque precisava de descarregar em qualquer coisa. Com uma azia do pior. Com uma sensação de "Não me meto noutra tão cedo" aflitiva no peito. Assim estou eu. Não sei o que fazer mais. 

Eu sei que não tive 100% da razão. Mas ver esta atitude tira-me do sério. Se há coisa que eu detesto no mundo é sentir-me a mais ou ignorado. Neste caso, não era a mais. Era ignorado. Porque a campainha tocou e tenho que ir atender sem sequer antes falar sobre o assunto. Porque interrompe um beijo para destrancar a porta e só depois é que vira para falar. Porque me senti uma criança pequena na altura e fiz birra a condizer, mas do tamanho da criança grande que sou. E agora merda para isto. Mais um motivo de merda? Epá talvez. Mas eu quero segurança nas coisas complicadas e se nas coisas simples não posso contar com ela, não vai ser nas complicadas que ela vai aparecer e eu gosto, como ela dizia, de extrapolar as coisas. Gosto. E quero. Porque se nas costas dos outros eu vejo as minhas, nas atitudes nestes momentos eu vejo o que me espera. E eu não quero esperar pelos maus momentos para apanhar as desilusões. Dói menos quando elas acontecem nestas situações de merda.

33 comments:

Snail said...

Ou eu sou muito burra ou não percebi o motivo da zanga...

Passion Addicted said...

Já cheguei à conclusão que as minhas zangas com os outros são por motivos estranhos e que as zangas dos outros comigo são por motivos de merda. Eu não gosto destas atitudes. Só isso...

Calvin said...

:(

Passion Addicted said...

:(

Naja Capelo said...

Bem... :/ Não sei ao certo o que te possa dizer. Se por um lado eu sou expert em banalizar coisas mimimi porque sou distraída, por outro tb estouro por coisas parvas (?) mas porque já ando a aperceber-me de coisas que não gosto. Terá sido isso? ou terá sido expectativa a mais? ou segurança a menos?

:*

Passion Addicted said...

Naja, não precisas dizer nada! Obrigado :)

Naja Capelo said...

;) Deixa lá, o que tiver de ser, será!

Passion Addicted said...

Exactly

Liz said...

Estou com a snail, não percebi muito bem o motivo da zanga mas meu querido...assim não chegas a velho e eu vou ser blogger até morrer e gostava de te ver por cá :/

teardrop said...

Li o que escreveste no reader e acho que teria ficado chateada! Acredita que não há muitos homens a fazer essas surpresas...

Passion Addicted said...

Liz
Já vi que não me faço entender. Não aspiro a querer ter razão. Mas também não posso falar mais sem divulgar o que não quero...

teardrop
Obrigado pelo apoio :)

Liz said...

Mas eu li o teu post anterior e fiquei aqui a roer os tornozelo de inveja....e de saudades desses tempos em que tinha um homem de avental e semi-nu à minha espera.

Seja o que fora e ainda que assumas a tua mea culpa, eu também ficaria magoada! beijinho*

Passion Addicted said...

Liz
Guarda o post nos "starred items". Traz o próximo ao teu reader e diz-lhe: "Lê e aprende... Agora é para repetir uma vez por mês no mínimo!"

Liz said...

Digo a quem!?!?!? Que eu saiba os posters do Ryan Gosslin ainda não cozinham.... :(

Passion Addicted said...

Ao "próximo", seja lá ele quem for! :)

Para que conste, estava em boxers. Informação adicional para dares ao moço...

Calvin said...

Já estou a imaginar esse pernão de fora... Desculpaaaaaa não resisti, já me calei *****

Passion Addicted said...

Pernão mesmo... Das minhas pernas tenho orgulho! :)

Liz said...

Olha ai ta coisa que aprecio, pernão de homem, de jogador da bola!!! :P

Passion Addicted said...

Pernão sim... Homem sim... Jogador da bola não, que é torta. Mas tem a sua curvatura... :)

Já do tronco não podemos ter essa conversa :p

Calvin said...

é torta?? So tu... Lol

Aí Liz, pernão de jogador da bola é muito bom. Normalmente é assim que consigo convencer uma mulher que não gosta de futebol em ver um jogo "aiii olha-me aquelas pernas.... E aqueles gémeos, jasussss me abençoe" .

Mata Hari said...

Pois...quem dá tudo não espera menos.
Posso dizer-te que estavas a dar demais e tal e que há pessoas que se assustam, mas isso é conversa fiada. Pensa nisto dos amores como uma poção mágica. Ou resulta ou não resulta. E não me parece que seja uma discussão que dita a sentença. Um pouco de temperança moço, e uma noite de sono. Amanhã tudo terá outro tom. Beijo grande****

Passion Addicted said...

Mata Hari
Temperança... Ora aí está uma palavra que não consta do meu léxico! A Acrescentar?

Mata Hari said...

Sinceramente não sei. Acho que nunca a usei! :D

Passion Addicted said...

OK... A rever então!

Orquídea Branca said...

bem...aqui a je deseja-te as melhoras xD melhoras do coração!!!

Passion Addicted said...

Obrigado Orquídea :)

CM said...

Sou perita em explodir com coisas que aos outros podem parecer de menor importância, por isso estou solidária contigo. Sempre fui acusada de demasiado impulsiva, e sei bem que é verdade...mas é como costumo dizer : não sei se burro velho aprende linguas. Anyway, final feliz para esta discussão?

A Bomboca Mais Gostosa said...

Bem, até compreendo que te tenhas sentido zangado, mas sinceramente acho que tiveste uma atitude, como eu costumo dizer, desproporcional.
Pensa um bocadinho, refresca as ideias. Vê bem se merece tudo isso.

Passion Addicted said...

CM
Não, não houve final feliz.

Bomboca
Talvez. Até concebo que tenhas razão. Mas não vou voltar atrás.

Lois Lane said...

Fiquei um bocado a nada na maionese... Mas de qualquer forma espero que as coisas se resolvam!

Passion Addicted said...

Lois Lane
Eu fiquei a nadar ontem. Por isso sim, já está resolvido. MAs não na direcção que esperas!

Lois Lane said...

Oh....

Passion Addicted said...

Lois
É verdade...

 
;