31.3.13

E o melhor do fim de semana...

Já vem a caminho. Mais uma horinha e estou nos braços dela. Can't wait...

Escrito da cama

Adoro acordar ao Domingo, olhar para o despertador e ver que ainda é cedo mesmo pela hora nova, e ouvir a chuva lá fora.

Mas depois penso que tou sozinho até logo à noite e deprimo...

30.3.13

Não há condições...

Um gajo é abandonado pela gaja, que vai para a terrinha passar a Páscoa com a família... Prepara-se de véspera porque tem um torneio que, não sendo muito importante, serve de teste para os que aí vêm nas próximas semanas, indo para a discoteca com os amigalhaços na véspera e bebendo uns shots e uns gins...

Acorda ressacado com uma dor de cabeça monstruosa e prepara-se para o torneio. Este começa às 11 da manhã. Às 11:10... plim plim recebe um email. Como ainda se estava nos preparativos finais, ainda dá para ir ver...

E vê a seguinte foto
Acompanhada do texto "Anda cá fazer marquinhas vermelhas, anda"

Como é que um homem no seu perfeito juízo se concentra? Tinha que dar merda e o torneio correr mal né? Mas tá prometido. De amanhã não passa...

O que são Litas Naja?

Estas são as más...


Estas são as MESMO más!


Não entendo...

Qual é a cena das pitas de hoje em dia...

Mostrar o rabo é fixe, que é. Eu também gosto de ver, confesso! Mas há calças de ganga tão boas para isso... Para quê leggings, fio dental e tops a mostrar a barriga? Dá um aspecto vulgar a algo que poderia ser sexy... Menos, nem sempre é mais!

E depois há a questão das Litas. Bem conjugadas, são só feias. Mal, são horríveis. Quando têm tachas... É o degredo!

29.3.13

High Tide or Low Tide...


Um lava olhos para as meninas... Um lava ouvidos para mim! Que música tão linda...

Bom dia Passion...

 http://singledadhouse.com/wp-content/uploads/2011/09/hot-couple-having-sex.png
http://lojaportuguesanairlanda.com/wp-content/uploads/products_img/nestum%20mel.jpg
http://static5.depositphotos.com/1010050/514/i/450/dep_5142211-Cup-of-espresso.jpg
https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRWmjBzhouIBDu0OQDAlohqG720co1Kj_WDlhKn_wqxQVqU2HJq
 São 8:40, estou a trabalhar desde as 8 e já fiz isto tudo...

BOM DIA!

28.3.13

Delicious...

O pessoal aqui trata-se bem...

Já me fizeram o pedido para logo à noite...

http://www.psychworld.com/wordpress/wp-content/uploads/2011/04/cunnilingus1.jpg 
E eu não me vou fazer rogado!

27.3.13

Sozinho e abandonado

Fui trocado por lanches com as amigas, jantares com não sei quem e idas não sei aonde!

Não há stress... Habemus séries, NBA e se me apetecer muito... You know the rest!

Doces com uma mão, chicote com a outra...

Uma das coisas que me pediram na segunda feira para fazer com urgência para sexta-feira e que por ser mesmo importante e urgente já está quase terminado, afinal mudaram o deadline agora para dia 20 de Maio!

Se isto não é gozar com o tempo e o trabalho dos outros... Não sei o que é!

Merda para isto! Vou para casa...

O choque...

Ela já mandou sms's em pitês...

Hoje são lulas...

Com arroz de espinafres. Bem bom por sinal...

Ela ontem à noite

Boleia desde a porta do trabalho até ao ninho do amor...

Jantar num dos melhores restaurantes da terrinha, com direito a picanha grelhada na brasa com batatas fritas e fruta fresca a montes. E ainda pôde provar do meu cachaço do porco preto na brasa

E com sangria e ginginha COM ELAS!

Olhos gulosos por parte de TODOS os homens que estavam no restaurante. Já não se pode usar um vestido cor-de-rosa tchanã que os homens ficam logo com as antenas no ar...

1 hora de pinada, com direito a dois orgasmos. Um deles a puxar para o compridinho.

11 emails no telemóvel, nessa hora de pinada. Nenhum meu tá visto!

E ainda vem falar do meu blog que ah e tal é muito visitado por gajas e coise...

26.3.13

Coitadinhos dos meus Lakers

Parecem o Sporting, a arrastar-se pelo meio da tabela! :(

Refilar é o que é preciso

A semana passada falei com a minha chefa!

Esta semana os meus desejos tornaram-se realidade!

Estou feliz e motivado! A minha chefa é a maior! E a mais boazona

Para quem gosta de borrego

Roam-se de inveja!

Dois fechos seguidos

Hoje começo a repetir o fecho de há dois meses...

Sexta começo a fazer o fecho referente a Março...

Esta semana vai ser bonita, vai!

25.3.13

Porque isto não é vida para ninguém...

Vou mas é para casa. Tinha planeado ir aparar a barba e cortar o cabelo. Vai ter que ficar para amanhã. Se tiver tempo...

Berbicachos

Já começa a fartar, esta empresa! É porque são coisas a acontecer ao mesmo tempo. Porque está mal organizado, mal esgalhado, mal confeccionado.

Tudo para ontem, mas amanhã o que é pedido para ontem é diferente de hoje.

Milhentos testes que são parados a meio e substituídos por outros...

Tentativas de harmonização que são interrompidas para se fazer upgrades!

Mas esta malta não se entende?

Para começar a semana em beleza

Um peixinho

A problemática do bidé

Bom dia. Esta é a última chance que têm de fechar a janela antes de vir aí a conversa de merda.

O meu intestino não é um órgão madrugador, ao contrário do resto do meu corpo. Por norma, funciona melhor à tarde ou ao fim do dia. No entanto, uma súbita dor de barriga às 6 da manhã fez com que este post se desenhasse na minha mente.

O bidé a peça mais importante de uma casa de banho, para mim. Não gosto de papel higiénico. Acho mesmo que o nome que se dá ao papel higiénico é contra-natura face à utilização que lhe damos. Não é higiénico. Higiénico é lavarmo-nos. Tal como lavo as mãos a seguir a fazer um xixi, porque estive com as mãos em contacto com a gaita enquanto fazia o xixi, também lavo o rabo a seguir ao number two. E depois as mãos também. É todo um processo de lavagem que me deixa confortável. Quando não estou na minha casa, é terrível. Lá tenho eu que usar o papel (des)higiénico. Se estiver na casa de alguém que tenha bidé, uso o bidé. Mas não me limpo à toalha da pessoa. Uma toalha de bidé é algo íntimo, pessoal e intransmissível. Uso o papel higiénico para me secar. Mas se não houver bidé, como aconteceu este fim de semana, é o terror. Porque fico com o rabo seco e depois o papel parece lixa por muito suave que seja. Porque me sinto sujo e não gosto. Porque fico desconfortável e com um andar estranho. E depois tomar banho é um bálsamo!

O bidé devia ser obrigatório em todas as casas de banho! E para isso, sim, deviam ser feitas petições! E dados subsídios.

24.3.13

Diz que já é quase segunda...

Daqui a 8 horas tenho que acordar e ir trabalhar. Foda-se...

Já retemperei energias...

Para gastá-las daqui a bocado!

Notícia de última hora

Diz que fico bem em calças de tecido... de gaja!

Mas não estou autorizado a divulgar!

Sexo faz sono...

Depois do jantar, um pouco de televisão e um pouco de cama. Às 23:30 estava a tomar banho. Quando voltei para a cama, ela adormeceu em segundos enroscada em mim. Eu adormeci passado nem cinco minutos.

Acordámos os dois por caisas naturais há vinte minutos, ainda cheios de sono. Mas ainda há umas coisas para fazer primeiro...

O jantar

Tortellinis recheados com Ricotta e presunto, mais queijo da serra não amanteigado com pão, morangos com chantili, uma garrafa de vinho, dois cafés, uma garrafa de moscatel e uma embalagem de amêndoas de chocolate.

A dividir por duas pessoas...

23.3.13

Sexo dá fome...

O meu pequeno almoço foi o resto da quiche (praí um quarto...), às nove da manhã.

O meu almoço foi um menu normal e um Happy Meal no McDonalds, quase às três da tarde. Mais um café e um pastel de nata.

O que se seguirá para o jantar?

22.3.13

Até amanhã...

Porque o resto é história...

E pinar ao som disto?



Um dia experimentem!

Ca granda petisco, hoje!

Bacalhau à braz. Um dos meus pratos preferidos!

Ainda me tou a rir...


Incentivo à leitura

Nem sou muito de desafios, que não sou. Mas a CM disse-me que tinha um para mim e eu, moço bem educado que sou, passei por lá para ver o que era. Eis senão quando era um desafio à leitura. Vamos lá então:

As regras deste selo são:

Indicar 10 blogs para fazer o desafio - é  proibido oferecer o laço "a quem quiser levar" sem indicar os blogs.
Já me lixaram. É por isto que não sou fã de desafios. Não passo a ninguém! Sou um feio!

Avisar os blogs que foram escolhidos e colocar a imagem no teu blog para apoiar a campanha.
Não aviso ninguém... Mas meto a imagem com todo o prazer! Ali de ladecos e tudo... Debaixo do arquivo!

Comentar o blog que te indicou.
Já a seguir a seguir a escrever isto!

Responder à pergunta: Qual o livro que indicarias para uma pessoa começar a ler?
Fácil, fácil! Este:
 
Fácil de ler, de uma penada só por ser pequenino, porque é o único livro que guardo do meu avô paterno, porque sempre que o leio largo a rir à gargalhada e porque conta muito da vida do Português. Seja da altura do livro, seja da actualidade!

Prueba Superada! Obrigado CM!

Planos para hoje

Sair de casa às 7:30 da manhã - check; (atrasei 15 minutos)

Trazer mochila com roupa para o fim de semana - check;

Trazer comida que estava já feita no frigorífico - no check, missing, tenho de meter a cabeça em cima dos ombros;

Trabalhar até às 17:30 - check - been here for 1:30 and counting

Ir às compras, trazer frango assado, bacon e mais uma ou duas coisinhas - Pending, tal como todas a partir daqui. A quiche de frango, cogumelos, bacon, espinafres e tomates cherry não espera pela demora

18:30 junto ao metro;

18:31 a dar um beijo longo, lânguido, cheio de língua e com algumas mãos marotas ao barulho;

18:40 a estacionar o carro;

18:45 começar a preparar a quiche para ir para o forno e coisital;

19:00 a quiche já está no forno, ir para o sofá marmelar um bocado, brincar mais um bocadinho com as mãos, começar a aquecer os motores para uma noite excelente;

19:30 a 19:40 a quiche já está feita, a salada que acompanha já está na mesa temperada, o vinho gelado e a sobremesa à espera no frigorífico;

20:30 a 21:00 a refeição encontra-se devidamente degustada, começa o serão com um café e um digestivo;

21:15 depois do café e do cigarro, com o digestivo a ser bebido calmamente, com alguma conversa pelo meio, começam os beijos, os toques e a excitação;

02:00 Vamos dormir?

Sexta feira

Nunca mais são 17:30, para eu me pôr nas putas??

http://l.yimg.com/ea/img/-/130208/how_to_plan_perfect_weekend_getaway_18h8q4o-18h8q4s.jpg?q=70&sig=UQ6MqgF6MScn6sXv93paeg--

21.3.13

Alone

Hoje estou sozinho...
 

Can't wait for tomorrow!

Epá...

Agora é que me apercebi... O post anterior foi o 500º deste blog!

http://2.bp.blogspot.com/_bZcAHxgYTpA/ST6aqO9tWII/AAAAAAAABHI/cuAIUzxcSyo/s400/500+posts.jpg 
Blogging here since 14/08/2012

Ontem foi assim...

http://24.media.tumblr.com/tumblr_m92giofBVf1rplrbuo1_400.gif

Portanto...

Ontem foi feijoada, hoje é dobrada! :D

Mesmo que estivesse a chover...

Por muito mau que estivesse mau tempo, por muita chuva, trovoada e frio que fizesse... Hoje o dia está, esteve e vai estar assim...

http://d3oeu2l8qd7s1b.cloudfront.net/59307-9815980-7.jpg

Hoje é isto...


Tu és uma figura com estilo mais que
Figura de estilo não tens fissuras no brilho nem aguento eu senti-lo
Com a cintura desatino, com a traseira alucino
Com o olhar perco o domínio, com o falar eu desbobino
Perco o domínio quando tás, yo, não sei o que faço,
Embaraço, fico baço, fico mudo, fico escasso
Pouco claro das ideias, fico parvo sem espaço pra pensar
Perco o tom, perco o ritmo e o compasso
Não sei se me percebes, se entendes o que sinto
Se não falo não e desprezo, acredita não minto
Pois um profissional do flirt como um amador sem jeito
Venero essa aparência mas conserva o bom respeito
Não é indiferença, é diferença dos pés à cabeça
Perco a inteligência, fico quase sem consciência
Porque esse físico é mais do que este aguenta
Pouso-te os olhos em cima e a tensão aumenta
Não percebes que eu não
Consigo esperar mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Não percebes que eu não
Não quero perder mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
A Primavera instalada, vai avançada, até tardia
Oito e meia, com luz
Abundante, ainda é dia
No botão cinza da cidade surgiu cor, então vi-a
Entre pássaros, abelhas, flores, era uma fantasia
Na viagem(?) é certo, numa paragem de metro
De mala e bagagem por perto
Quiz falar, na garganta senti um aperto
Onde vais? De onde vens? Queres vir a um concerto?
Que tirada mal sacada, ainda bem que fiquei quieto
Mas pensei em convidar-te e levar-te numa nave
Para longe, para cima
Vem comigo, tenho a chave
Assim como um chavalo espreita pela fechadura
Travessura, o teu lado fora do meu alcance e tortura
Tão perto e tão longe tás aqui neste lugar
Pela mente a flutuar, até quando vai durar?
Não sei, não vás, não quero voltar a mim
Quero sempre ficar assim, sem princípio nem fim
Não percebes que eu não
Consigo esperar mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Não percebes que eu não
Não quero perder mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Já a tinha visto numa festa
Vistosa, inacessível, quis prova, defensiva
E a minha investida era modesta.
Nunca fui um bom corista mas a veia de humorista bate
Digo um disparate para fazê-la rir e esconder o bicho-do-mato
Gargalhadas partilhadas pa entrar na intimidade dela
Concorrentes fazem cara chateada e eu não fico intimidado
Fica na secura enquanto o boy se cora, man ninguém me segura agora
Ela diz que não namora enquanto cora e eu na pura fico mais aliviado
Pra ela eu era novidade não era só estar ao lado com conversas
E fingir um ar interessado é forçado ela diz não sou dessas
Paparias, cangarias, são varias, avarias
Uma aventura dura dias e ela não cuba em covardias
Na ironia digo são carradas agarradas a minha pequena fama
E nunca são barradas e acabam amarradas a minha pequena cama
A espera que concluas que não giro com duas, giro contigo dama
Não tive tantas ex não me chantageies nem sei como um caranguejo ama
A party ainda bate ao barrote, o grupo dela quer ir para outro spot
Ela dá-me o número e eu anoto, dou-lhe o meu a espera que ela volte
Passam horas e eu não sei se ligue, não se devo, é muito cedo
Será que escrevo e digo que gosto dela, e gostava de avançar ao nosso enredo
Ela antecipa-se e mandou-me um toque disse que ta cá fora vem depressa
E eu na maluquice saio em rebolisso, dou-lhe eu kiss e ela vice-versa
Minha visão ficou dispersa, mirei no muro duas silhuetas,
Bem carentes, bem caretas, o que é que sentes? Borboletas
Não percebes que eu não
Consigo esperar mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Não percebes que eu não
Não quero perder mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas

Porquê um blog?

Primeiro, não é o primeiro blog. É o sétimo! O primeiro começou em 2003 e tinha um fundo cor de fond-de-teint, meio bege meio rosado. O nome era "Um Pensamento, Vários Pontos de Vista" e durou exactamente 4 anos. No dia em que os cumpriu, fechei-o. Nele falava de amores e desamores, falava do meu trabalho da altura (atravessou três empregos) e falava do meu dia-a-dia. Só faltava dizer quando tomava banho e quando ia à casa de banho ao number 2.

Algures em 2006, numa pancada que me deu, comecei outro blog porno-badalhoco. Que mantinha com uma conta paralela que só servia MESMO para o blog. Não tinha comentários e continha nele as histórias de sexo que se passaram na minha vida. Foram muitas. Uma por dia e o blog durou 6 meses, praticamente. O plano era depois de contar as histórias, começar uma fábula erótica. Não aconteceu. Desanimei porque ao mesmo tempo mudei de emprego e tinha menos tempo e esqueci a pass. Entretanto lembrei-me... E fechei o blog.

Em 2008, uma semana antes de comprar a minha casinha, comecei outro blog. Parecido com o "Pensamentos". Este, devido às polémicas que teve, não vou dizer o nome. Mas posso dizer que era um blog com cerca de 300 visitas por dia, com muitos seguidores e com muitas histórias do dia-a-dia. Não era uma Pipoca, não era um Dexter, mas era um bom blog. Até que um dia escrevi coisas que não devia nele e fechei-o, porque ameaçou a minha vida pessoal. Este blog fechou em 2011.

Ainda em 2011, abri mais três blogs. Um em que contava as minhas histórias mais escabrosas. Em que destilava os meus medos, as minhas raivas, os meus stresses e as minhas confusões. O outro é aquele do dia-a-dia, blog vanilla que não faz mal a ninguém, que não chateia mas irrita um bocado. O terceiro era, novamente, porno-badalhoco. Mas era dark, sujo, feio, carnal e intenso. Uma versão hardcore das 50 Sombras de Grey. Depois saiu o livro, comecei uma relação nova e passou-me.

Finalmente, abri este blog. Que não vai ser o último certamente. Porque a blogosfera é uma ervilha e, a qualquer momento, posso precisar de o fechar. Assim, de um dia para o outro. Sem avisar. E nessa altura vou perder seguidores fantásticos, porque não sei em quem confiar. Não porque tenha trust issues (e há pessoas que me lêem que sabem isso) mas porque não quero misturar situações, passado, presente e futuro. Porque errar todos erramos e há um momento em que o perdão tem que ser feito. Se não pelo mundo, pelo menos por nós e em nosso próprio benefício.

Assim, expliquei os motivos que me levaram a abrir 6 blogs antes deste. Porque preciso de falar, de escrever, de exteriorizar, de gritar ao mundo por intermédio das pontas dos meus dedos o que sinto, o que gosto, o que não gosto, o que quero e o que sonho. E ao mesmo tempo preciso de ser eu, em todo o meu ser. Nu e cru, compreedido ou não, entendido ou nem por isso. E assim sou feliz. Um pouco mais, pelo menos. Porque eu sou o que escrevo e o que escrevo demonstra a minha personalidade, mesmo que necessariamente não seja o que sinto no momento em que escrevo. Complicado, eu sei. Mas releiam outra vez e a coisa certamente fará mais sentido!

20.3.13

Só para informar...

Que detesto survival kits e que por causa deles não devo conseguir bloggar a tarde toda!

Almoço...

E assim se come aqui na empresa!

Morning talk

Como habitualmente, aproveitei o facto de estar sozinho no pequeno almoço para ir pondo em dia as minhas leituras de blogs. Como ontem  foi dia do pai, encontrei muitos e bons posts sobre esse dia. No entanto, nenhum foi tão bonito como um que comentei com a boa disposição que gosto de pensar que me caracteriza. Estava eu a escrever o comentário, com um sorriso nada malandro na cara e aparece uma colega, mãe de dois filhos, a solicitar companhia para o seu próprio pequeno almoço. Aceitei e perguntei pelo dia do pai de ontem. Ela informa-me que o pai já faleceu (e eu fiquei encaralhado, mas não perdi a compostura), mas deixa-me à vontade. Então ela reparou que eu estava a ler blogues. E lê o post que eu estava a ler. E chora porque não consegue deixar de se lembrar que nunca teve um pai. Mas recupera e diz que gostou muito. E que gostou do blog. E a conversa discorre por aí.

Diz-me ela, então, que gostava imenso de ter um blog, porque tem imenso que escrever, mas que nunca foi capaz de criar um, porque simplesmente não é capaz de ligar o cérebro às mãos e, por isso, não consegue fazer textos de jeito.

No seguimento desta conversa, nasce a pergunta. Porquê a vossa necessidade de criar um blog? Eu dou a minha resposta a esta pergunta, ainda hoje, num post a ser escrito com tempo.

Hoje

Depois de ontem ter saído mais tarde do que o que queria e ter chegado atrasado ao trabalho em relação à hora que queria chegar... Hoje já tou banhado, barbeado, vestido, perfumado e pronto a arrancar. Por isso liguei o PC para escrever um post.

E de repente começou a dar-me vontade de fazer cenas badalhocas. Como tou sozinho em casa e já é um bocado em cima da hora para tratar do assunto, acho que vou aguentar por logo à noite...

Um excelente dia de trabalho para todos

19.3.13

...

Tinha aqui um post enorme, com praí umas 100 linhas (true story) preparado. Tudo isto para dizer que sim... Duas linhas chegam não é?


Já na casa dos meus pais

Será possível que a minha mãe esteja a fazer de raiz Panados de porco,  esparguete para o  meu pai e salada russa para mim e para ela, maionese caseira para a salada russa, um pudim tipo Mandarim e uma torta tipo Azeitão?

Damn she loves my dad. And I love her... And him!

Já se pirou tudo...

E eu vou fazer o mesmo que tenho o meu pai a precisar de "sofrer" uma surpresa! :)



Falamos mais logo à noite

Vamos lá a animar isto....


Lets get it on?

Medo...

Acabei de descobrir que ainda há por aí "vestígios" do meu antigo blog... E não, não estamos a falar de print screens. Estamos a falar de pessoas que guardaram o reader dessa altura! :)

Gostava de ler novamente aquelas baboseiras que escrevi há tantos anos!

Olha... Perdi um seguidor...

Certamente que não gostou do percurso editorial deste espaço...

Não faz mal. Só fazem falta os que cá estão! :) E a esses eu agradeço! :)

http://www.popularvirals.com/images/thank-you/thank-you-0736-stick-man-dance.gif

O meu pai, o meu herói


O meu pai é o meu herói. Nasceu numa família com poucos recursos, estudou mas preferiu jogar à bola, jogou à bola mas preferiu "putas e vinho verde" a ser profissional a sério, foi pai uma vez antes de conhecer a minha mãe e só depois assentou.

Quando assentou e porque a bola não dava para tudo, foi trabalhar com o meu padrinho. Era tão bom no que fazia que quando eu nasci o meu padrinho lhe ofereceu sociedade. Ao fim de cinco anos, era ele quem mandava. O meu padrinho só assinava os cheques dos ordenados. Depois o meu padrinho faleceu e o meu pai ficou definitivamente à frente da empresa, onde ainda está.

Foi e é pai presente, preocupado e só não dá mais se não puder. A mim e aos amigos. É um amigo, um confidente, um brincalhão, um "Bocas". É pai, irmão, filho já órfão, infelizmente, tio e padrinho. É bom, grande, meigo, abrutalhado mas no fundo um coração mole. A camisola que traz no corpo está sempre disponível para quem mais precisar e já não seria a primeira vez que salvaria um amigo numa altura de aperto.

É o meu pai! E eu amo-o!

Já não bastava...

Ter chegado um bocado atrasado por causa do trânsito e da chuva, parece que fica tudo atrasado mental e deixa de saber conduzir. Foi preciso chegar para perceber que andámos dias, semanas, meses, de volta dos Survival Kits a actualizar a informação errada! Agora é um ver se te avias para pôr a informação no sítio certo até ao final do dia!

Puta de vida a minha pá! Se não ando em cima destas gajas, tou fodido!

Fuck!

Estou atrasado...

18.3.13

Dreams...


Esta música é boa para adormecer. Vou para a cama com ela na cabeça!

Até amanhã

E quando?

Um desconhecido tem para contigo um gesto fantástico?

 

Thanks :)

Séries...

Hoje, vai ser assim...



 
À falta de melhor, es lo que hay

Speedtest

Cheguei a casa, mudei o computador de sítio, para a nova configuração do meu escritório. A torre vai deixar de estar debaixo da secretária, para passar a estar ao lado da mesma. O caixote do lixo deixa de estar à direita da secretária para estar à esquerda. E antes, onde tinha 12MBps de recepção de Internet e 200KBps de upload, passei para o resultado abaixo!

Que é mais do que aquilo que tinha contratado com a MEO... Estou feliz!

Casa

Minha doce casa que me recebes tão bem...
Era tudo quando ela me dizia "bem vindo a casa" numa voz bem calma
Acabado de entrar pensava como reconforta a alma
Nunca tão poucas palavras tiveram tanto significado
E de repente, era assim do nada, como um ser iluminado
Tudo fazia sentido, respirar fazia sentido
Andar fazia sentido, todo o pequeno pormenor em pensamento perdido
Era isto que realmente importava não qualquer outro tipo de quantificação
Não o que se ganhava, não o que diziam de nós, não não não
Um novo carro, uma boa poupança, nem sequer a família ou a tal aliança
Nada, apenas duas palavras, um artigo formavam resposta universal
A minha pedra filosofal, seguia pra dentro do nosso pequeno universo
Um pouco disperso, pronto, disponível para ser submerso
Naquele mar de temperatura amena que a minha pequena abria para mim
Sempre tranquila e serena

Tento ter a força pra levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nem no que há razoes para nos sentirmos tão sós
Vem fazer de conta, eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior

Bem vindo a casa dizia quando saia de dentro dela
Bonito paradoxo inventado por aquela dama bela
Em dias que o tempo parou, gravou, dançou
Não tou capaz de ir atrás mas vou porque isso
Trapalhão perdi a chave nem sei o meu caminho
Nestes dias difusos em que ando sozinho, definho
à procura de uma casa nova do caixão até à cova
O percurso é duro em toda linha sempre à prova

Tento ter a força pra levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nem no que há razoes para nos sentirmos tão sós
Vem fazer de conta, eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior

Por isso escrevo na esperança que ela ouça o meu pedido
De desculpas, de socorro, de abrigo, não consigo
Ver uma razão para continuar a viver sem a felicidade do meu lado
Da minha, casa doce casa, já ouviram falar?
É o refugio de uma mulher que Deus ousou criar
Com o simples e único propósito, de me abrigar
Não vejo a hora de voltar lá para dentro, faz frio cá fora
Faz tanto frio cá fora, que eu já, não vejo a hora

Tento ter a força pra levar o que é meu
Sei que às vezes vai também um pouco de nós
Devo concordar que às vezes falta-nos a razão
Mas nem no que há razoes para nos sentirmos tão sós
Vem fazer de conta, eu acredito em ti
Estar contigo é estar com o que julgas melhor
Nunca vamos ter o amor a rir para nós
Como queremos nós ter um sorriso maior

Venho motivado

Como toda a gente, tenho os meus momentos em que ando mais motivado e outros em que ando mais em baixo. Nos últimos dois/três meses, pelas vicissitudes da vida pessoal em casa dos meus pais, fim de relação com Passionata, sentimento de descrença no trabalho, auto-estima em baixo e alguma falta de valorização profissional por parte das chefias, tenho andado claramente na mó de baixo, profissionalmente falando.

Por me ter apercebido disso, na sexta-feira pedi à minha chefinha querida boazona mais porreira que marcasse uma reunião individual comigo, a fim de lhe explicar isso tudo e voilá, back in business. A chefinha querida boazona mais porreira ouviu-me com atenção, comentou que sim, já se tinha apercebido, agradeceu a frontalidade e ainda deu umas dicas acerca de coisas que se podem fazer, desde que eu tome a iniciativa de pegar nelas!

E a puta da C., colega do lado, desconfiou. Veio logo perguntar, como cabra velha e cusca que é, "Tá tudo bem, Passion?" Sim, puta de merda! Tá tudo bem! E só não te fodo profissionalmente porque não sou má pessoa e porque uma eventual pessoa que viesse para ocupar o teu lugar pode ser muito pior que tu, que até sabes uma coisita ou outra!

Quase perfeito

 
Quase perfeito. Uma música já meio antiga, com talvez uns 6 ou 7 anos, que me diz muito. Lembra-me por exemplo, da única vez que me cantaram uma música para me seduzir. Estava no carro dela, algures ali para os lados de Santarém, e já tinha "pintado o clima". Mas ainda não tínhamos chegado a vias de facto. Nem sequer um beijinho. Mas já não ia demorar. A conversa fluía animada e as mãos já estavam juntas, com os dedos entrelaçados. O rádio debitava música baixinho e o sol estava quase a pôr-se no horizonte, junto ao rio.

Até que começa a tocar esta música... E ela começa a cantá-la. Baixinho, ao meu ouvido, com voz de tesão. Olhei para ela e ela continuou a cantar, com cara de "Quero-te comer", enquanto eu, de boca aberta, assistia ao show. A determinada altura, vou para a beijar e ela mete o indicador entre a minha boca e a dela e olha para mim com cara de "Já vai, não perdes pela demora!" e eu esperei. Esperei que a música continuasse, que a Marisa atingisse o seu climax e que o Paulo de Carvalho deixasse de a acompanhar. Porque a seguir quem atingiu o climax fui eu. E ela. Várias vezes. Foi quase perfeito, como diz a letra...

Silêncio...

Sou só eu a achar a blogosfera estranhamente silenciosa?

http://3.bp.blogspot.com/-XmZI9zJRZ1s/TdNDlkqNFKI/AAAAAAAAADo/TN2tHWSnVd4/s1600/Is_There_Anybody_Out_There_by_maniacaldude.png

Fui só eu que achei...

Que esteve muito frio durante a noite? Acordei gelado às 2 da manhã e custou-me a adormecer. Mas cá tou, fresco e fofo para mais uma semana de trabalho!

Uma excelente semana a todos!

Bear this in mind...

17.3.13

Cabeça de atum...

Todo contente a ver a bola e o meu Benfica a ganhar... E liga a minha amiga. Deixei a carteira no velório!

Amanhã quando sair do trabalho, vou ter com ela. Que não me tá a apetecer fazer 70km por causa da carteira... O gasóleo ta caro e amanhã ia estar com ela mesmo...

Merda...

Talvez o assado não fique para hoje... Faleceu o avô de uma grande amiga e estou neste momento quase a sair de casa para ir ter com ela!

Conforme prometido

Habemus assado... :)

Nota: Tive um problema a fazer o upload da fotografia por isso, se ainda não se vir, avisem-me!

Assado II

Já cá estou. A conselho da minha mãe, já cortei o assado às fatias e mudei para um pirex mais pequeno, por forma a verificar quão passada está a bola, quanto tempo ainda precisa de estar no forno e para apurar, banhada no molhinho.

Mais uns 15 minutos e está feito! Nessa altura, tiro a foto para aqui colocar! Para já está com um aspecto delicioso!

Alteração

A pedido dos meus pais, vou almoçar a casa deles hoje. O assado (ainda não completo) vai ficar a maturar. E vou comê-lo ao jantar. A fotografia vai ter que esperar...

Assado

Uma hora depois, está temperado e pronto a entrar no forno, que já está quente como uma mulher depois de umas horas de preliminares...
Espero que o resultado seja positivo!

Almoço

Acabei de chegar a casa, com uma bola de lombo de porco e os ingredientes necessários para, pela primeira vez, fazer um assado no forno.
Neste, vai ser a minha estreia para produtos não-congelados. Estou algo apreensivo...
Wish me luck

Em boa verdade

E para evitar confusões... Tomara eu pôr em prática as fotos do post anterior. Mas não aconteceu...

Já acordei

Há aproximadamente uma hora! E tou com uma fome tão grande. Disto:


Para ter forças logo a seguir para um bocadinho disto:

16.3.13

Top Gun

Como ainda só vi o filme 59 vezes, mais uma parece-me óptimo!

How much fun is that?

Hoje, com menos álcool, também não me apetece sair de casa. Tenho os amigalhaços todos fora, não tenho nada para fazer, sozinho... É triste mas é verdade!

Fuck! Double Fuck! Triple FUCK!

Acho que o meu disco externo acabou de ir com os anjinhos... :(

...

Bom dia

Já cá tou. Alive and kicking.

Estou bem, não me dói a cabeça, o fígado nem o sinto e o estômago não me dói. Mas tou com um bocado de azia e uma fome do tamanho do mundo! Hoje não vai ser um bom dia para a dieta.

Por falar em dieta, acabei de falar com os meus pais. E estou CHEIO de inveja deles. Estão na gare do Oriente e vão apanhar o comboio para dar um passeio até à zona de Vila Nova da Barquinha. Já fiz essa viagem com eles e é muito giro. Meia dúzia de amigos (hoje são 9, ao todo) entram no barco em direcção ao Entroncamento. Depois, no Entroncamento, entram num comboio regional, daqueles que param em todas as estações e apeadeiros, e vão até à Barragem de Belver, passando em zonas lindas de cortar a respiração como Barquinha ou Almourol.

E qual é o objectivo da viagem? Conhecendo os meus pais e os amigos deles, só pode ser um motivo. Vão forrar o estômago. Tá certo, é uma viagem gira, o grupo é porreiro, já se conhecem há uma porrada de anos e é uma tradição impecável que eles montaram para o início da Primavera. Mas já agora que estamos nisto... Vamos mas é comer qualquer coisa!


E gostava de ter ido também. Porque adoro! Mas alguém tem que ficar com o avô e o gado!

Prontos...

Desvantagens de se ter bebido meia garrafa de Porto, três quartos de garrafa de Ginja e uma garrafa de Moscatel... (Para quem quer fazer as contas, foi praí dois litros de álcool). É que tou com uma azia por causa do álcool que acho que não vou dormir nada de jeito. E amanhã tenho que ir fresco e fofo almoçar com o meu avô!

Portanto...

Lakers ganharam, por 6, sem Gasol e com Kobe Bryant a 10%, se tanto, com um pé torcido.
E eu também ganhei à garrafa de moscatel. Game Over!

15.3.13

Voltei...

Eu e a garrafa do Moscatel... :p E os Lakers perdem 5-0... Bonito!

Fodeu...

Acabou a ginja. Já só tenho Whisky. E os Lakers começam daqui a 5 minutos! Acho que vou comprar mais qualquer coisa para beber para evitar misturas...

Só para dizer que...

A garrafa de Porto já foi. A de ginja para lá caminha.

Estou bem disposto :)

Era hoje...

Hoje foi o último dia que dei a mim mesmo. Não aconteceu. Ser uma pessoa arrogante (e idiota) levou a melhor! E fez com que a batalha ficasse perdida.

Amanhã há mais... E será melhor!

Let the boozing begin!

Tá feito!

Habemus TV, Internet, Telefone... Por toda a casa, com qualidade de recepção... E acho que já sei porque é que com a MEO não tinha sinal de internet... Por incrível que pareça, a culpa até pode nem ser da MEO!

Agora é começar a desfrutar! A menos que apareça por aí algum convite maquiavélico e vá correr as capelinhas!

Boa boa...

Já chegou...

Querido técnico da ZON

Já cá tou. Despacha-te...

FUCK!

Não admira que hoje aquele cabrão não vá trabalhar... Já tá na Holanda, viciado de um cabrão! E a inveja que eu tenho dele? Resta-me desejar-lhe o melhor!

Boa sorte T., E já agora, B, D, A, S, e M, boa sorte para vocês também! Equipa A e equipa B! Make me proud! Vou acompanhar pela net :)

Sinto a falta...

Hoje, sinto falta das minhas amigas gajas. As que não estão mais, por este ou por aquele motivo. Também aquelas que estão longe, noutro distrito longínquo, noutro país, noutra vida.

Não é pelo sexo. Esse é bem-vindo mas não hoje. Hoje apetece-me conversar, esparvoeirar, entrar na mente de uma e perceber onde raio errei. Porque sim, eu erro.

Acho que hoje afinal não vou sair. Vou ficar em casa e derreter uma garrafa de álcool, sozinho. Tenho whisky, tenho Porto, tenho Ginja... Vamos ver para que lado me vai dar!

Friday...

Dia de comer bem na cantina e sair mais cedo do trabalho. Especialmente a última...  É aproveitar enquanto não chega o fim do mês e queimar umas horinhas do ponto!

Hoje é aquele dia em que apetece é beber uma cerveja numa esplanada. Mas a ZON vai lá hoje a casa e não posso aproveitar o solinho maravilhoso que está na rua.
 
Talvez à noite...

14.3.13

Um dia...

Há uma mulher que me surpreende e assim me conquista.

Tenho 32 anos, ainda não é tarde. Mas ainda não foi o dia...

Acertar no Milhões era mais difícil

Amanhã vêm cá a casa instalar a Zon...

A MEO cortou o serviço assim que o jogo do Benfica acabou!

Tem que ser pelo cheiro

Solteiro à um mês (nem isso...) a minha afilhada da faculdade, com quem andei embrulhado em 2006 e com quem não falo desde 2009, meteu conversa comigo no Facebook "só pra saber como vais..."!

Daaamn!

Em repeat

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/e/e2/R.E.M._-_It%27s_the_End_of_the_World_as_We_Know_It_(And_I_Feel_Fine)_(United_States).jpg

Admito...


13.3.13

Leitura de cabeceira...

http://thebookloversboudoir.files.wordpress.com/2012/11/bed-for-a-year.jpg 
A seguir às 50 Shades...  Parece-me ser um bom livro! Já vai a meio. E a história anda toda à volta do título!

I want it...

http://cdn.gofobo.com/files/news/tender-love-steamy-sex1.jpg?1347384611

12.3.13

Ponto A ou Ponto B?


Dia do pai

DADDY COOL 

Em azul escuro com a estampagem em branco! Já está encomendada. Assim que estiver pronta, vou à loja levantá-la!

Já disse que ADORO as t-shirts do Cão Azul?

Running up that hill...



It doesn't hurt me.
You wanna feel how it feels?
You wanna know, know that it doesn't hurt me?
You wanna hear about the deal I'm making?
You be running up that hill
You and me be running up that hill

And if I only could,
Make a deal with God,
And get him to swap our places,
Be running up that road,
Be running up that hill,
Be running up that building.
If I only could, oh...

You don't want to hurt me,
But see how deep the bullet lies.
Unaware that I'm tearing you asunder.
There is thunder in our hearts, baby.
So much hate for the ones we love?
Tell me, we both matter, don't we?

You, be running up that hill
You and me, be running up that hill
You and me won't be unhappy.

And if I only could,
Make a deal with God,
And get him to swap our places,
Be running up that road,
Be running up that hill,
Be running up that building,
If I only could, oh...

'C'mon, baby, c'mon, c'mon, darling,
Let me steal this moment from you now.
C'mon, angel, c'mon, c'mon, darling,
Let's exchange the experience, oh...'

And if I only could,
Make a deal with God,
And get him to swap our places,
Be running up that road,
Be running up that hill,
With no problems
With no problems

'If I only could, be running up that hill.'
'If I only could, be running up that hill.'  
'If I only could, be running up that hill.' 
'If I only could, be running up that hill.'  
'If I only could, be running up that hill.' 
'If I only could, be running up that hill.'  
'If I only could, be running up that hill.' 

Ahhhh!

http://fc02.deviantart.net/fs70/f/2011/010/4/b/i_love_coffee__by_itsandytime-d36wnve.jpg 
Soube tão bem...

11.3.13

Sushi

Não perco uma chance de me empanturrar de um bom sushi. E hoje ao almoço não foi excepção! Mas nada bate o restaurante onde costumava ir com ela... E mais barato...

http://www.justrec.com/wp-content/uploads/2012/08/Sushi.jpg

Passions, take X

Sou benfiquista assumido. Sócio, daqueles que paga as quotas todos os anos, desde que arranjou emprego. E daqueles que já teve lugar cativo e que agora só não tem porque a poupança é a palavra de ordem e o dinheiro não dá para tudo! Mas o meu desporto não é o futebol. É o basquetebol.

Fui federado quase metade da minha vida, participei em muitos campeonatos, ganhei muitos prémios, na altura era o jogador que era chamado a defender aqueles que hoje são as grandes estrelas da selecção nacional. O meu clube, nos anos 80 e 90, foi campeão distrital 5 vezes seguidas e chegou três à final-four do campeonato nacional. Infelizmente nunca ganhámos nenhum. Infelizmente também, nunca terminei uma época. Chegava ao quarto período da escola, à fase decisiva da época, àquela em que estava em melhor forma, e os meus pais arranjavam uma desculpa para me tirar o meu basket. E eu tinha que arranjar uma desculpa para entregar, em lágrimas, o meu equipamento ao treinador. É uma das grandes mágoas da minha adolescência!

Mas não derivemos de assunto. Basquetebol, como provavelmente saberão, é a NBA. Aí sim está o espectáculo, a qualidade, o fantástico. Muitas noites fiquei até às tantas da madrugada, a ver o meu desporto favorito. Quantas vezes Passionata e outras antes dela não foram para a cama sozinhas, porque eu ficava na sala a ver a SportTV. Especialmente nos playoffs. Especialmente quando jogava o "Benfica da NBA". O clube que faz o sangue correr mais depressa nas minhas veias. O clube que sempre praticou o basket mais espectacular de sempre. O clube que eu não quero morrer sem ver ao vivo uma vez na vida, pelo menos. O clube que actualmente está a jogar o melhor basket ofensivo da NBA, mas que é uma desgraça a defender e por isso corre o risco de não ir aos playoffs. O meu clube...

 

Pois...

http://media-cache-ec6.pinterest.com/192x/a6/f0/f8/a6f0f88da7fefe8262323f30194036e1.jpg

10.3.13

Depois de um fim de semana gargantuesco

Sexta à noite: Caldo verde, bifana em pão com chouriço;
Sábado: Salsicha frita, ovos mexidos, sandes mista, meio litro de coca-cola;
Whopper + whopper Jr. + batatas + ketchup e 7'up;
Pipocas pequenas e 7'up média;
Ligueirão e camarões e molho cocktail e vinho branco e meia garrafa de moscatel;
Domingo: Torradas com ovo mexido e café;
Massa 4queijos com cogumelos e bacon + meia pizza de queijo, presunto e tomate cherry...
Acho que jantar uma sopa de legumes me vai fazer bem...

9.3.13

Hoje para o jantar temos:

- Ligueirão à Bulhão Pato;
- Camarão da Tanzânia cozido com molho de ketchup e maionese;
- Pão da Avó marca Pingo Doce;
- Vinho branco q.b.;
- Garrafa de moscatel de Palmela.
Acho que me vou deitar tarde...

The joy...

Sai do trabalho e vai para o seu spot de desvario hobbyiesco. Encontra os amigos a prepararem uma sessão de teste para a internacionalização na Holanda. Ajuda. Mandam-no calar porque não faz parte dos convocados. Respeita. Mandam-no parar de fumar (sorry...) por causa do fumo na loja. Respeita. Assiste a uma quase-briga muito séria entre o BF e o chorão. Dá razão ao BF (interiormente). Vê a equipa A espetar 6-3 na equipa B. Não gosta de ver os outros a gozar. Janta uma sopa, uma bifana, uma cola e um café na 24 de Julho. Entra no antro antes de ele abrir. Bebe um shot. Sai para ir buscar amiga de 24 anos com problemas cardíacos ao Hospital. Ri que nem um perdido porque amiga julga que é uma ambulância e vem a sirenar o caminho todo (true story... MESMO!!), devido ao ansiolítico/relaxante muscular. Estaciona novamente na 24 perto do antro. Entra, bebe um shot, aprecia a música, abana o capacete, bebe dois gin tónico, descobre um cartão da casa no chão, devolve na caixa, bebe mais um gin tónico oferecido por ser honesto (e amigo dos carolas do antro), sai, descobre que foi multado por estacionamento, vai para casa, pára numa rusga da polícia para perguntar onde pode pagar a multa, casa, dorme...

 Custo da noite? 9€! Mais 30€ da multa. Chulos!!!

8.3.13

Dedicado à mulher da minha vida... A minha mãe!

A mulher feliz


Está de pé sobre as brancas dunas. As ondas conduziram-na
e os ventos empurraram-na. Está ali, na perfeição redonda
da oferenda. E como que adormece no esplendor sereno.
Diz luz porque diz agora e és tu e sou eu, num círculo
só. Está embriagada de ar como uma forte lâmpada.

É uma área de equilíbrio, de movimentos flexíveis,
um repouso incendiado, a vitória de uma pedra.
Abrem-se fundas águas e um novo fogo aparece.
Que lentas são as folhas largas e as areias!
Que denso é este corpo, esta lua de argila!

Nua como uma pedra ardente, mais do que uma promessa
fulgurante, a amorosa presença de uma mulher feliz.
Nela dormem os pássaros, dormem os nomes puros.
Agora crepita a noite, as línguas que circulam.
Crescem, crescem os músculos da mais íntima distância.

António Ramos Rosa

E o meu desejo para todas é...

http://www.stevenslavick.com/wp-content/uploads/2013/01/86735470-orgasm.jpg 
Força nisso miúdas! Enjoy...

Diz que é dia da gaja...

http://4.bp.blogspot.com/-OJO4lrl8qOQ/TWW3y9StOzI/AAAAAAAAPnU/rlbuFRG_3G8/s1600/dia%2Bda%2Bmulher%2B%25281%2529.jpg 
Um grande beijinho a todas as gajas que por aqui passaram. Merecem, por terem que aturar tipos como eu! Mas o que é certo é que não sabem viver sem nós, porque não tinha metade da piada!

7.3.13

Lost...

Eu sei que pus esta música há pouco tempo... Mas é tão maravilhosa que vou repetir...



 Double D
Big full breasts on my baby
(Yo we goin' to Florida)
Triple weight
Couldn't weigh the love I've got for the girl

And I just wanna know
Why you ain't been goin' to work

Boss ain't workin' ya like this
He can't take care of you like this

Now you're lost
Lost in the heat of it all

Girl you know you're lost
Lost in the thrill of it all

Miami, Amsterdam
Tokyo, Spain, lost

Los Angeles, India
Lost on a train, lost

Got on my buttercream
silk shirt and it's Versace
Hand me my triple weight
So I can weigh the work I got on your girl
(Too ? to live, too ? to die)
No I don't really wish
I don't wish the titties would show

No, have I ever
Have I ever let you get caught?

Now you're lost
Lost in the heat of it all

Girl you know you're lost
Lost in the thrill of it all

Miami, Amsterdam
Tokyo, Spain, lost

Los Angeles, India
Lost on a train, lost

She's at a stove (Who?)
Can't believe I got her out here cookin' dope (Cookin' dope)
I promise she'll be
Whippin' meals up for a family of her own some day
Nothin' wrong (Nothin' wrong, ain't nothin' wrong)
No nothin' wrong with life
Nothin' wrong with another short plane ride
(Nothin' wrong, ain't nothin' wrong)
Through the sky (Up in the sky)
You and I (Just you and I)

Now you're lost
Lost in the heat of it all

Girl you know you're lost
Lost in the thrill of it all

Miami, Amsterdam
Tokyo, Spain, lost

Los Angeles, India
Lost on a train, lost

Love lost
Love love
Love lost
Love love
Love lost
Love love
Love lost

50 Shades ended...

Ontem, acabei o 50 shades of Grey. Olhei para a mesinha de cabeceira, vi lá o livro e pensei "De hoje não passa". Já faltava pouco, por isso foi meia horita a ler e tá o livro terminado.

Pontos chave:
  • Sado-maso no livro é pouco. Sexo e erotismo sim, disso há com fartura;
  • Não compreendo a celeuma à volta do livro. É banalíssimo, mas fala de sexo;
  • O Grey não é um deus do sexo. É só um menino giro com excesso de testosterona, dinheiro e ciúmes. Mas não me importava de ter a vida dele;
  • A Anastacia Steele versão filme já está escolhida e, só por ser quem é, vou ver o filme;
  • O livro, em Inglês, não está mal escrito. A tradução é que deve estar uma grande cagada;
  • Não sendo uma obra prima, entretém.
E pronto, tá dito tudo o que acho sobre o livro. Tendo sido uma prenda, o não-gasto do dinheiro foi bem vindo. A curiosidade era maior e saiu LIGEIRAMENTE defraudada. Esperava algo mais quente. Mas não é aquela coisa horrível que andava por aí a ler em todo o lado. Ainda assim, não vai deixar saudades.
 
;