21.3.13

Hoje é isto...


Tu és uma figura com estilo mais que
Figura de estilo não tens fissuras no brilho nem aguento eu senti-lo
Com a cintura desatino, com a traseira alucino
Com o olhar perco o domínio, com o falar eu desbobino
Perco o domínio quando tás, yo, não sei o que faço,
Embaraço, fico baço, fico mudo, fico escasso
Pouco claro das ideias, fico parvo sem espaço pra pensar
Perco o tom, perco o ritmo e o compasso
Não sei se me percebes, se entendes o que sinto
Se não falo não e desprezo, acredita não minto
Pois um profissional do flirt como um amador sem jeito
Venero essa aparência mas conserva o bom respeito
Não é indiferença, é diferença dos pés à cabeça
Perco a inteligência, fico quase sem consciência
Porque esse físico é mais do que este aguenta
Pouso-te os olhos em cima e a tensão aumenta
Não percebes que eu não
Consigo esperar mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Não percebes que eu não
Não quero perder mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
A Primavera instalada, vai avançada, até tardia
Oito e meia, com luz
Abundante, ainda é dia
No botão cinza da cidade surgiu cor, então vi-a
Entre pássaros, abelhas, flores, era uma fantasia
Na viagem(?) é certo, numa paragem de metro
De mala e bagagem por perto
Quiz falar, na garganta senti um aperto
Onde vais? De onde vens? Queres vir a um concerto?
Que tirada mal sacada, ainda bem que fiquei quieto
Mas pensei em convidar-te e levar-te numa nave
Para longe, para cima
Vem comigo, tenho a chave
Assim como um chavalo espreita pela fechadura
Travessura, o teu lado fora do meu alcance e tortura
Tão perto e tão longe tás aqui neste lugar
Pela mente a flutuar, até quando vai durar?
Não sei, não vás, não quero voltar a mim
Quero sempre ficar assim, sem princípio nem fim
Não percebes que eu não
Consigo esperar mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Não percebes que eu não
Não quero perder mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Já a tinha visto numa festa
Vistosa, inacessível, quis prova, defensiva
E a minha investida era modesta.
Nunca fui um bom corista mas a veia de humorista bate
Digo um disparate para fazê-la rir e esconder o bicho-do-mato
Gargalhadas partilhadas pa entrar na intimidade dela
Concorrentes fazem cara chateada e eu não fico intimidado
Fica na secura enquanto o boy se cora, man ninguém me segura agora
Ela diz que não namora enquanto cora e eu na pura fico mais aliviado
Pra ela eu era novidade não era só estar ao lado com conversas
E fingir um ar interessado é forçado ela diz não sou dessas
Paparias, cangarias, são varias, avarias
Uma aventura dura dias e ela não cuba em covardias
Na ironia digo são carradas agarradas a minha pequena fama
E nunca são barradas e acabam amarradas a minha pequena cama
A espera que concluas que não giro com duas, giro contigo dama
Não tive tantas ex não me chantageies nem sei como um caranguejo ama
A party ainda bate ao barrote, o grupo dela quer ir para outro spot
Ela dá-me o número e eu anoto, dou-lhe o meu a espera que ela volte
Passam horas e eu não sei se ligue, não se devo, é muito cedo
Será que escrevo e digo que gosto dela, e gostava de avançar ao nosso enredo
Ela antecipa-se e mandou-me um toque disse que ta cá fora vem depressa
E eu na maluquice saio em rebolisso, dou-lhe eu kiss e ela vice-versa
Minha visão ficou dispersa, mirei no muro duas silhuetas,
Bem carentes, bem caretas, o que é que sentes? Borboletas
Não percebes que eu não
Consigo esperar mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas
Não percebes que eu não
Não quero perder mais tempo em vão
O que é que sentes? Borboletas
O que é que sentes? Borboletas
Borboletas, Borboletas, Borboletas, Borboletas

10 comments:

Eve said...

hoje é dia da poesia.. nao de rap tuga

Passion Addicted said...

Eve
Hip Hop Tuga também contém poesia... Por isso não concordo!

Eve said...

nao chamo a isso poesia, mas gostos nao se discutem...

Passion Addicted said...

Eu não disse que ERA poesia. Disse que CONTINHA poesia... São coisas tão diferentes... :p

Mariposa Colorida said...

Cada qual vive o dia à sua maneira!

Passion Addicted said...

Mariposa, borboletas? Do melhor...

lifeandmilkshakes said...

alguém falou em borboletas?:D

Passion Addicted said...

O que é que sentes? Borboletas...

lifeandmilkshakes said...

i really loveeee butterflies :D de todo o género.

Passion Addicted said...

lifeandmilkshakes... So do I :D

 
;