28.6.13

Back to black

Voltei ao trabalho.

A colega chata continua tão mas tããão chata como eu me lembrava dela. A C., colega do lado, parece que deu tréguas ao mau feitio... Deve ser por ter recebido o subsídio de férias ontem... O F., colega das costas, está afável, educado e simpático como sempre. Pode-se sempre contar com ele para animar o dia. O R., continua azedo e mau feitio como sempre. Pode-se sempre contar com ele para ficar de mau humor. E a chefa... Ai a chefa! Essa continua uma querida-boazona-andacáqueeunãotealeijo que nos dá ânimo para não virmos todos de trombas trabalhar todos os dias. Até as mulheres e o F., que é gay.

Nunca vos tinha dito que o F. é gay? É verdade. Três anos que trabalho com ele, dois anos de dúvidas e finalmente a certeza, algures no final do ano passado. Corroborada por alguns colegas. Mas adoro o moço. Educado, simpático, sabe estar, não se impõe, não é bicha doida (importantíssimo...), não faz granel. Não é, em suma, como os outros gays que aqui trabalham. E ainda são alguns. Pelo menos assim de cabeça, conto uns 5 ou 6. Um deles inclusivamente já o apanhei no Trumps aos melos com outro tipo qualquer. Mas não o F. O F. não me parece ser do tipo do Trumps. Se não tiver homem provavelmente fará a sua caçada num bar normalíssimo. Ou num sítio qualquer despretensioso. Não o fará na net ou na praia ou num qualquer Trumps. Tem mais classe que isso.

Ah... É verdade. E hoje começa o fecho também.

5 comments:

Mariposa Colorida said...

Para mim um colega ser gay ou não, não é coisa que me preocupe ou que tente averiguar. Para ti é?

Passion Addicted said...

Mariposa
Nem me preocupa nem fui averiguar... Apenas constatei.

pastora said...

o melhor, o que estavas tu a fazer no trumps? :P

Margarida Rodrigues said...

Aprecio muito o seu blog. Todos os dias tenho visitado o mesmo e delicio-me com os seus posts. Espero que continue com o bom trabalho.

Cumprimentos

Margarida Fonseca Dias

www.europeanemaildatabases.com

Passion Addicted said...

pastora
Minha querida, a melhor discoteca de Lisboa no que a música diz respeito. Tal como o Lux. A comunidade homossexual gosta de ouvir boa música e eu também. É o único gosto que partilhamos, mesmo.

Margarida Rodrigues
Obrigado :)

 
;